sábado, 26 de dezembro de 2009

Especial de natal: A rena


Quem nunca ouviu falar na rena, ela é um dos símbolos do natal que é conhecida por puxar o trenó do papai noel, a tarefa de puxar trenó é real, mas elas não voam e não puxam o trenó do papai noel. A rena é um mamífero, uma espécie de cervo que vive nas trundas na região do ártico, no continente Europeu, e nas regiões setentrorinais da Ámerica do Norte, são herbívoros, se alimentam de musgos, gramas, folhas, cogumelos e raízes. São um dos únicos cervos das regiões frias. É também o único cervo cujo a fêmea e o macho possuem chifres, eles também estão constantemente em busca de alimento, por isso eles são os animais cujo a migração é a mais longa de todas, elas percorrem mais caminho do quê qualquer outro animal pastor. Sua manada contém milhares de indivíduos, então grandes manadas sempre tem grandes caçadores, uma rivalidade que muitas pessoas devem conhecer é a do lobo e a rena, os lobos possuem alcateias de oito a dez indivíduos, os lobos sempre preferem as renas mais fracas, velhas ou os filhotes. os lobos sempre dão um ataque inicial para gerar pânico na manada, então eles separam os filhotes das mães, sendo fácil para o lobo pega-lo. Por isso os filhotes já tem que começar a treinar cedo suas habilidades e saber correr rapidamente, isso é crucial para todas as renas, pois se não saber disso pode ser fatal no futuro, pois a rena vai ter poucas chances de sobreviver. É muita apreciada sua carne e sua pele,ela também é camada de caribu nas regiões setentrorinais da Ámerica do Norte. As renas costumam percorrer por dia incríveis cem quilómetros por dia, devorando vários pastos. A rena possui um metro e vinte centímetros de altura, vai até quinze anos de idade e sua gestação é de sete a oito meses, ela é domesticada por pessoas para puxar trenó e carga, ela também era domesticada desde os tempos das cavernas, elas forneciam leite carne e pele, tudo isso foi descoberto em pinturas nas cavernas. O galho inferior da rena-macho é voltado para a frente, e ela é chamado de "lutadora" e concerteza você já sabe porque ela é chamada assim... porque ela é usada no périodo de acasalamento, em disputas pelo direito de acasalar e de conquistar uma fêmea. Índios a batizaram de caribu, a palavra caribu significa pata. A ideia de botar as renas puxando o trenó do papai noel surgiu em 1822, quando em um texto do americano Clement C. Moore, era um poema chamado Uma visita de São Nicolau, cujo o papai noel era um elfo que possuía um trenó em miniatura puxada por cerca de oito renas. Também é muito conhecida a historia da rena do nariz vermelho, ela foi criada no inicio de 1939 pelo poeta Robert L May, a rena corre cerca de oitenta quilômetros por hora, elas são excelentes nadadoras, por isso em algumas fugas elas mergulham em uma água gelada e acabam escapando, as renas também possui um ótimo faro que localiza alimentos até debaixo de grossas camadas de neve, os chifres da rena caem todo ano mas acabam crescendo de novo, as fêmeas usam os seus chifres apenas para se defender e defender os seus filhotes.

Postado e escrito por:Henri São Paulo

postagens mais lidas

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails