quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

qual peixe vive na maior profundidade

Na ultima enquete perguntei: qual peixe nada na maior profundidade? e felizmente 60% das pessoas acertaram: era o abyssobrotula galatheae! para os outros 30% que votaram em nenhuma das anteriores, e o outro 10% que votou no peixe ogro, era só ter lido a postagem: os dez locais menos explorados do mundo, se quiser ler é só ir em top 10 no menu. Agora vou falar um pouco sobre esse pequeno peixe. O abyssobrotula foi descoberto a pouco tempo, e por isso não se sabe muito sobre ele. esse peixe é muito raro e difícil de achar, é pequeno, mede apenas uns seis ou sete centimetros, sendo que sua nadadeira mede dois centímetros, e não são muito uteis, pois para não economizar energia ele não se move muito, ele foi encontrado por cientistas na fossa mariana, a fossa mais larga e mais funda de todas: possui onze mil e quinhentos quilómetros de profundidade, sendo que o abyssobrotula galatheae foi achado a oito mil e quatrucentos quilómetros de profundidade. é um peixe bem esquisito e aparenta não ter predadores, pois ele é o único peixe que vive em uma profundidade tão grande que nenhum outro peixe predador chega ao seu raio de alcance. predador perto dele só a o peixe ogro que vive entre seis a sete mil metros de profundidade!
Também a outros seres que vivem com ele como o pepino do mar, o pepino do mar é um equinodermo que vive em profundidades maiores que a do abyssobrotula, o pepino do mar chega a nadar no fim da fossa mariana, a onze mil metros de profundidade, junto com ele só vivem as bactérias que decompões os animais que morrem lá. Voltando ao abyssobrotula, o nome abyssobrotula galatheae é só o nome cientifico dele, pois o peixe ainda não possui o nome popular, esse peixe também não possui visão, ele deve ter perdido a visão e o pingmento dos seus olhos com o tempo por causa da escuridão, pois nesses locais não se necessita de visão, e sim de outros sentidos, como todos os outros peixes abissais. com certeza eles estão isolados a muito tempo. O abyssobrotula se alimenta de restos de animais que chegam ao seu raio de alcance, ou de pequenas partículas ou pequenos seres, mas não se sabe ao certo. Por ser raro os cientistas não sabem muita coisa sobre sua vida e anatomia, mas concerteza daqui a uns anos vai se saber tanto sobre o abyssobrotula quanto se sabe sobre o leão ou sobre o cachorro.
Postado e escrito por: Henri São Paulo

Nenhum comentário:

postagens mais lidas

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails