quarta-feira, 28 de julho de 2010

o líquen é uma planta?

Não, eles não são plantas. Na verdade, os líquens são, duas outras formas de vida crescendo juntas que são uma espécie de alga e uma espécie de outro ser vivo o fungo. O fungo da apoio ao líquen e o firma em uma rocha ou no solo. Mas a alga utiliza energia solar para produzir alimento para si mesma. O local onde se pode observar mais líquens é na tundra ártica, onde eles adquiriram varias cores que parecem pinturas no chão, desde verde até laranja. Junto os dois organismos, o fungo, e a alga, tem uma relação simbiotica, ou seja, se ajudam mutuamente a sobreviver, de uma forma estranha se você colocar um fungo ou uma alga para crescerem separadamente no laboratório, eles não irão se parecer com o líquen na natureza. Tanto a alga quanto o fungo dão coloração e textura ao líquen na natureza. No ártico, eles tem um papel crucial ao ecossistema:eles alimentam renas, ou também chamadas de caribus e alimenta também outros animais, eles também reagem com os minerais nas rochas para ajudar a formar o solo de maneira que as plantas possam, então, crescer. Existem cerca de vinte mil espécies de liquens espalhados pelo mundo, não só na tundra ártica, mas no mundo todo, como em montanhas, desertos, e outros habitats. Um líquen, que cresce na Europa e no norte da África é utilizado pelos artesãos como fixador de perfumes, sabonetes e loções de pós-barba.

Nenhum comentário:

postagens mais lidas

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails