quinta-feira, 16 de setembro de 2010

vida na Terra: vertebrados:os bem sucedidos 3ª parte

Há milhões de anos atras surgia um animal pequeno, do tamanho de um polegar, era transparente, vivia em bandos, surgiu no final do período ordoviciano. Parece um animal comum para aquela epoca. Mas este pequeno animalzinho teria seus descendentes viajando para a Lua.
Cães, ratos, humanos, sapos, cobras . Todos estes animais tem uma coisa em comum. Eles são vertebrados. São dotados de uma coluna vertebral. O anfioxo é o vertebrado mais antigo vivo nos dias de hoje, apesar de sua flexibilidade ele é dotado de uma coluna vertebral que lhe permite se mexer bastante. Mas qual é o segredo de seu sucesso? seria a coluna vertebral? a resposta é sim, e não. Embora eles não sejam um grupo de grande sucesso, eles conquistaram todos estes cantos do planeta graças a capacidade de se deslocar em grupos grandes e de seu sangue quente, que somente as aves e mamíferos, os mais predominantes. Os dragões de komodo são os maiores répteis do mundo, o maior lagarto do mundo com dois metros de comprimento. Ele mata sua vitima de surpresa, com o seu enorme rabo, derrubando a presa no chão que pode ser bem maior do que ele. Mas outros animais necessitam de se alimentar de presas maiores que eles mesmos, na região abissal é um dos casos. O peixe boca de guarda chuva tem um enorme estômago para capturar presas maiores que ele. E sua boca é verdadeiramente enorme.
A alimentação leva animais a circuntancias que foram aparecendo só com o decorrer de milhões de anos. Mas a presa também adquiriu outras formas de escapar de seus predadores, e nenhum se compara ao basilisco. Usando ele se sente ameaçado ele não corre para dentro da floresta para escapar de um ave, ele corre sobre a água! o basilisco corre tão rápido que ele nunca afunda. um humano teria de correr a 120 km por hora para realizar esta proeza. Algumas espécies de pombos, para escapar de predadores, são capazes defecar em cima dos predadores, isso mesmo! para escapar de predadores, a lagartixa perde o rabo, ou pelo menos uma parte dela para fugir em uma situação de perigo. O pedaço se reconstitui em poucos dias. Para se reproduzir os vertebrados são capazes de fazer coisas extraordinárias. Os pinguins imperadores todos sabem de seu ritual, mas a uma outra espécies de pinguim que enfrenta ondas gigantes para chegar ao local de reprodução. Pegando uma "carona" com os icebergs, e sendo arrastados por ondas gigantes.
Sempre depois da época de reprodução nascem varios filhotes, e como todos filhotes, eles querem descobrir o mundo, cheio de mistérios e curiosidades, assim são com leões marinhos. Mas esta curiosidade vai alem do limite deles. Eles chegam perto demais da costa e acabam sendo pegos pela orca, a maior espécie de golfinho do mundo, e a mais perfeito predador conhecido. Eles chegam em um ataque surpresa, em grupo, e pegam um dos filhotes, pois adultos são difíceis de abater e já sabem que as orcas atacam lá. mas é tarde demais. Por algum motivo desconhecido, a orca joga a presa pra cima, mesmo ela estando morta.

próximo capitulo: invertebrados: os donos do mundo

Nenhum comentário:

postagens mais lidas

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails