domingo, 24 de julho de 2011

água por todos os lados - cápitulo 1

Cerca de 3/4 da superficie da Terra é coberta por água. Os oceanos ocupam maior parte do planeta Terra, e sua água não foi feita para nós. Ela é salgada. Mas os oceanos foram o berço da vida, onde os primeiros animais do mundo, as esponjas, apareceram. Desde então a sua diversidade vem aumentado. Diversas espécies de animais e plantas vivem nela. Mas a maioria desses seres morreriam com uma leve dose de água doce. O mar também constrói o maior habitat de todos: as regiões abissais, das quais se estendem por milhares e milhares de quilômetros. Os seres dessa região vivem sob uma imensa pressão da água, da qual poderia esmagar um ser humano em questão de segundos. Os seres que vivem aqui são geralmente invertebrados, como águas vivas, ouriços do mar, carambolas do mar (cníndarios, parentes de águas vivas) da qual pressão não é um grande problema para esses seres, pois são revestidos por uma espécie de "pele" transparente da qual é quase impossível ser esmagada. É fácil para estes seres transparentes viverem nessa região, mas imagine um mamífero de 22 metros de comprimento, carnívoro viver nessa região? é uma dificuldade enorme, mas a cachalote é diferente das outras baleias, além de possuir dentes serrilhados para comer peixes e lulas, ela consegue segura o fôlego por cerca de uma hora, depois de respirar, volta as profundezas. Os mares são também muito dinâmicos, ou seja, uma hora pode trazer correntes com grande quantidade de zooplancton e filtôplancton, outra hora pode trazer correntes muito pobres em nutrientes, nunca se sabe o que o oceano apronta. Em alguns locais, onde cnindários se amontoam e formam uma comunidade, da qual um depende do outro para sobreviver. Esses são os recifes de corais. Águas quentes e fervilhando de vida, são condições apropriadas para a formação de um coral. O maior dos corais, a barreira de recifes de corais da Australia, pode ser vista do espaço. Nós vemos esse recife de coral, e não nossas cidades. Com certeza, esta barreira de recifes demorou milhares de anos para chegar esse tamanho, devido a seu lento crescimento.
Vários seres tiveram várias adaptações em seus corpos para conseguir viver nesses locais. Mas já existiu algum ser que saiu da terra para viver na água? sim. Os cetáceos. Por que? porque seus ancestrais a milhares de anos viviam em terra, quando alguns desses ancestrais começaram a caçar em água, e se tornaram bem sucedidos nesse método de conseguir comida. Até que alguns desses animais começaram a ter modificações em seu DNA que acabou a favorecer sua caça na água. Até que em milhares de anos de evolução, seu corpos desenvolveu totalmente a vida na água e começou a ser dependente d'água. Surgindo, então a baleia. Até hoje, a baleia carrega uma marca de seu passado: um pélvis inútil em seu corpo. É necessário bastante modificações para se viver na água, pois o mar é um ambiente bastante dinâmico, e os seus corpos dos seres que vivem aqui são extremamente bem adaptados para as condições da vida nos oceanos. Mas esse elemento, este habitat, realmente não foi eito para vivermos nele. Simplesmente porque nós, além de não conseguirmos respirar na água, o ambiente é simplesmente, impossível de ser habitado por nós. Mesmo assim, conseguimos destruir ele. Pois, mesmo sendo um habitat de extrema modificações, é um loca bastante frágil, mais frágil do você pode pensar.

Um comentário:

Eduardo disse...

oi já que aceitou a parceria acabei de colocar seu banner em meu site ok
se você quiser colocar outro banner da gente,tem vários tipos só visitar essa página
http://tvselvagem.blogspot.com/p/parceria.html

vlw

postagens mais lidas

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails