segunda-feira, 7 de novembro de 2011

vida: a joia rara do universo

Quantas vezes você já olhou para o céu a noite e se perguntou: De onde veio tudo isso? Essa é uma das perguntas mais pertinentes, que atravessa gerações e gerações, indagando a todos que se atrevem a se questionar. Antigamente, com a falta de recursos tecnológicos, e falta de conhecimento necessários sore biologia, física e química, inventávamos histórias sobre um criador ou vários criadores para se satisfazer. Essas respostas também vinham de um jeito reconfortante. Hoje temos como responder tais perguntas, pois já temos conhecimento e recursos o bastante para responder. Nossa via láctea possui 400 bilhões de estrelas, a maioria formando um sistema, e uma quantidade exorbitante de planetas. Tem 100.000 anos - luz de largura. E isso é muito. A luz percorre um ano - luz em 1 ano. Para se ter noção do tamanho, a sonda voyager é o objeto criado pelo homem que percorre em maior velocidade. Ele esta agora fora do nosso sistema solar. Percorrendo 20 vezes mais rápido que uma bala, demoraria cerca de 18.000 anos para ele percorrer 1 ano - luz. Imagine, então, 100.000. Então, será que nosso planeta é o único nesses 100.000 anos luz de largura, dentre 400 bilhões de estrelas, que abriga vida multicelular? talvez. Pode ser que o surgimento da vida complexa seja muito improvável, que só consegue surgir após uma sucessão de eventos ocasionais. Talvez a nossa Galáxia esteja fervilhante de vida, até no nosso velho amigo Marte, mas só vida simples, vida unicelular, bactérias, vírus, células, ou algumas algas microscópicas, podem estar por aí, a alguns anos - luz daqui, se alimentando de organismos mortos, em uma sopa primordial, ou em fendas submarinas em um planeta distante. 

Mas, será que haveria vida complexa em algum lugar da via láctea? a célula por se só já é complexa, na verdade é a estrutura mais complexa conhecida no universo. Um dos fatores que a torna tão complexa é o fato dela estar viva. Constituída pelos átomos de hidrogênio, oxigênio, fosforo, enxofre, nitrogênio e carbono. O Hidrogênio é o mais leve de todos e o mais simples. Possui um elétron na sua eletrosfera e um próton, se ele estiver neutro, é claro. O Universo é composto, maior parte dele, por Hélio e Hidrogênio, o que torna o universo um ambiente hostil e nada convidativo para seres vivos. Nós não sobreviveríamos nele nem por 10 segundos. Mesmo ele parecendo tão lindo visto daqui da Terra, a noite, no céu estrelado, você não poderia correr o risco de ir a esse local, não sem um traje especial. Afinal, vamos logo direto ao ponto: de onde veio tudo isso? A resposta é, mesmo com tudo o que conhecemos, com tudo o que sabemos, é: não sabemos. Não fique triste, temos ideia de como começou. só não temos provas. O Universo começou com o Big Bang. Alguns alegam que foi uma grande explosão, outros, só uma expansão de tempo e espaço. Mas, como se deu essa explosão e expansão? não sabemos. Como a vida começou? não sabemos Bom, saber, até temos algumas teorias. Mas, provas, não temos. Não é por isso que vamos nos esquivar e parar de raciocinar direito para achar uma resposta sem sentido e sem provas conclusivas. A muitos cientistas tentando achar a resposta a essas perguntas como o Stephen Hawking. Vamos torcer para respostas a essas perguntas apareçam, em breve.                                                                                     

Nenhum comentário:

postagens mais lidas

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails