quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Microevolução

As curtas variações dentro de uma espécie é chamada de microevolução. Ela, ao contrário da macroevolução, pode ser vista por nós em nosso curto periodo de vida. Um excelente exemplo de microevolução é aquela que ocorre dentro dos cães. O cachorro é uma espécie que se localiza dentro da família canidae. Existem diversas espécies de cães pelo mundo, cada um de diferentes raças, e novas raças de cães surgem conforme eles são selecionados artificialmente por nós, cruzando raças para adiquirir uma raça com caracteristicas herdadas dos pais. Isso se chama seleção artificial. 
 

Nós desenvolvemos esse processo as vezes sem querer. Por exemplo, quando temos uma praga se alastrando pela lavoura, os agricultores jogam pesticidas para mata-las. Mas as vezes, existe um inseto que nasce com uma mutação que o torna capaz de sobreviver a pesticida. essa espécie (seja macho ou femea) vai se reproduzir mais e mais, e seus filhotes vão herdar essa sua mutação, o tornando capaz de sobreviver a pesticida, e essa caracteristica genética, pela seleção natural, vai sobreviver até que toda a geração desses insetos seja de insetos resistentes a pesticida. Mas isso é só microevolução, afinal se isso ocorrer, por exemplo, dentro da espécie de besouro batata, ele continuaria sendo um besuro da batata, só que resistente  a pesticidas. Compreender microevolução é de grande importancia, principalmente para médicos, farmacéuticos e agricultores. Mutações são uma ferramenta essencial para entender esse evento. Mutações são erros durante a cópia do DNA da mãe e do pai herdados. O conceito de mutações dentro do público leigo é de algo que é ruim. Mas Mutações podem ser tanto ruins quanto boas. E quando favorecem o animal essa mutação é herdada para as próximas gerações. Macroevolução, no conceito do gradualismo, é o conjunto de microevoluções, como eu já expliquei no outro post. Para nós sobrevivermos e formar antibióticos e pesticidas para controlar pragas, nós, primeiro, devemos conhecer e aprender a microevolução. 

Nenhum comentário:

postagens mais lidas

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails